domingo, mayo 30

Simone Marques: Rosa Selvagem



SIMONE MARQUES
Rosa selvagem


Romance romántico


Quando Rose MacKeith fugiu de sua tribo na Irlanda, não esperava que sua viagem fosse tão difícil e perigosa. Para ela, o perigo maior estava em sua terra. Seu pai, Seth MacKeith, um bravo guerreiro e líder de sua tribo, havia sido morto de forma cruel pelo seu rival, Roony, líder e guerreiro da tribo vizinha. A mãe de Rose, quando soube da morte do marido, entregou à sua única filha mulher a caçula da família um saco com moedas de ouro, a fez arrumar
algumas roupas em uma trouxa, lhe entregou uma adaga com cabo de ônix e a fez fugir sem olhar para trás. Rose questionara a mãe do porquê daquela fuga e a resposta veio pouco depois, quando os guerreiros de Roony invadiram violentamente a tribo. Rose
conseguira escapar e de longe ouviu os gritos de horror dos habitantes de sua tribo, viu quando a enorme labareda apareceu no local onde antes ela vivia. Com os olhos cegados pelas lágrimas e o peito tomado pela dor, ela correu sem direção pelo meio da mata. Por
dois dias ela havia vagado perdida, com fome, com frio e com medo e foi ajudada por uma família de nômades.

Agora, cerca de três meses depois, ela chegava a uma terra onde falavam uma língua diferente... já havia ouvido essa língua em algumas estalagens por onde passara e aprendera algumas palavras.

Estava decidida a aprendê-la para sobreviver naquele lugar hostil, onde já haviam tentado estuprá-la. Sua sorte era sua adaga... com ela já havia ferido alguns homens que tentaram tomá-la à força.

Decidira que não deixaria, jamais, nenhum homem tocá-la e que o
amor não era para ela...

Lee capítulo 1

Compra aquí